17.3.18

CULPADO | Diretora de série comenta sobre as gravações e fala sobre o sonho de seguir carreira

"As pessoas criticam o que é feito no Brasil [...] porém, precisa mudar essa concepção"


Semana passada, fiz uma viagem à Sinop (Mato Grosso), cidade onde será gravada a série (não é minissérie, tá?) Culpado, de Weslley Fuchs. A viagem só durou um clique de tão rápida que foi. Um clique no chat do Facebook.



Pois bem, conversei com a diretora da série, Kiara Baco Anhon sobre o andamento das gravações, e fiquei sabendo, em primeiríssima mão, que os testes e ensaios começam semana que vem, e as gravações a partir do dia 24.

Para você ter ideia de como a produção de Culpado está sendo feita e porque ela está mobilizando mais de 25 pessoas, acompanhe este post e descubra tuuuuudo!



Diretora de Culpado aponta o olhar da sociedade como maior dificuldade

Muito simpática, Kiara falou sobre o sonho de trabalhar na área cinematográfica, e destacou que a cidade onde reside humildemente está se desenvolvendo no ramo do cinema.

"[...] com certeza, uma oportunidade dessa, não pode ser descartada, até porque todos os membros do elenco se interessam em trabalhar nesse campo futuramente", revelou a diretora, sobre a oportunidade de aceitar gravar um roteiro de Weslley Fuchs.

Apesar de todo o empenho e animação em cima da série Culpado, Kiara Baco falou sobre a maior dificuldade enfrentada por todos para impulsionar essa ideia de gravar uma produção:

"A maior dificuldade que encontramos hoje nem é tanto o apoio financeiro, mas sim a questão do olhar da sociedade, porque dentro do Brasil mesmo, as pessoas criticam o que é feito no Brasil".

E ainda disparou: "De acordo com muitos, 'Nada que é brasileiro presta', porém precisa mudar essa concepção. Se analisar bem, neste país existe muita cultura, muita criatividade e talento também".

Com os pés no chão e ciente das dificuldades, a diretora acredita que o mais importante é tentar, porque senão nunca saberemos se valeu a pena.

"Se gostamos de cinema, podemos fazer cinema"

Kiara Baco Anhon, apesar do gosto pelo mundo cinematográfico, não espera alcançar as grandes mídias com a série Culpado logo de cara, pois acredita que um telespectador já conseguirá fazer a diferença.

"[...] queremos começar de baixo, e aos poucos. Na vida, nunca começamos no alto".

Já fiquei muito tempo por baixo, quero saber se é nessa semana que os humilhados serão exaltados, para eu escolher o modelito.

digitei amem
Que Deus me perdoe por mais essa...

Comentei com a diretora que há muitos nessa longa caminhada e que desejavam mais reconhecimento, embora fosse mais fácil desistir. Kiara foi categórica:

"Por que não fazemos o nosso próprio espaço? Se gostamos de cinema, podemos fazer cinema, independente de público, fama ou dinheiro".

Sendo assim, é fácil, porque muitos já produzem sem a perspectiva desses 3 elementos citados.


Perceba a vontade de chorar no meio do riso

De professores de teatro a youtubers, conheça alguns dos nomes por trás de Culpado

Antes de começarmos a nossa gloriosa lista do elenco da série Culpado, perguntei à diretora o que ela achava do MV. Kiara Baco não fazia muito ideia do que era, mas ficou feliz com a proposta de autores escrevendo suas produções para a web.

"Eu acho que escrever para Web é uma boa oportunidade, porque como a internet é a ferramenta mais utilizada (esse) é o passo inicial para qualquer autor".

Youtubers, professores de teatro, desenhista, designer gráfico, roteirista, diretores de arte, de vídeo, música...


No elenco de atores e atrizes, temos:

Weslley Fuchs, Izabella Laiza, Rute Sawasaki, Gabriel Daros, Patricia Emanuela, Gleiciane Amorim, Ana Yamada, Paula Spinelli, Euller Silva, Wanessa Reis, Aline Borges, Gleiciane Cruz, Wagner Reis... Etc.

Elenco por trás das câmeras:

Winy Zanin, na camêra e edição
Eduardo Ribeiro, Claudemir Gianoto e Everton Passador, com musica e a banda oficial da série. Euller Silva é o designer
Kiara Baco Anhon na direção
Ester Sawasaki é  assistente de direção
Rute Sawazaki, diretora de Arte
Ella Maria Gruen, com músicas, composições e maquiagem
Weslley Fuchs, o roteirista
Etc.

Kiara Baco também é roteirista e participou do projeto cultural pela lei Rouanet "Cinema no Mato", produzido em Sinop como conclusão do curso de cinema. O trabalho ajudou a diretora a se apaixonar por cinema e ver com outros olhos os filmes e séries. Assista ao curta "Enquanto Houver Vida" sobre a conscientização da preservação do meio ambiente:




Eu simplesmente achei um belo trabalho, não só pelo tema, mas a cenografia, música, câmeras, tudo em harmonia.

Curtiu este post sobre Culpado e os comentários de Kiara Baco Anhon? Compartilhe em suas redes sociais e ajude esse projeto chegar a mais pessoas.


0 comentários: